quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Trabalho da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras reconhecido a nível nacional

            Foi uma das quatro candidaturas na área de música a nível nacional, aquela que a Orquestra de Câmara de Cascais Oeiras (OCCO), dirigida pelo insuperável dinamismo do maestro Nicolai Lalov, apresentou à Direcção Geral das Artes.
É, pois, com o maior regozijo que ficámos a saber que a candidatura foi aceite, o que se traduz num apoio financeiro de 140 mil euros para o ano de 2013.
Recorde-se que a OCCO, criada a 25 de Novembro de 1999, é uma orquestra residente, financiada pelas Câmaras Municipais de Cascais e Oeiras. O apoio ora concedido vai permitir-lhe não apenas continuar a proporcionar mensalmente concertos gratuitos à população dos dois concelhos e a participar em eventos culturais significativos, mas também estender essa sua actividade a nível nacional.
Constitui igualmente tarefa da OCCO manter, no Monte Estoril, no edifício da antiga Pensão Boaventura, expressamente remodelado para o feito, o Conservatório de Música de Cascais, onde são ministradas aulas de música.

Publicado na edição de 13-02-3013 de Cyberjornal:

2 comentários:

  1. Está de parabéns não só a orquestra e o seu director mas também as Câmaras Municipais que tornaram possível a sua existência.

    ResponderEliminar